shutterstock_574309330

Os funcionários são a parte fundamental de qualquer empresas, máquinas funcionam bem e fazem as coisas acontecerem, mas são os funcionários que dão vida a uma empresa e realmente trazem o lucro, mas os cibercriminosos sabem que em meio a tantos funcionários há alguns mais desatentos que outros, há vulnerabilidades e aí se aproveitam disso para invadir sistemas.

Algumas dicas podem ajudar com que o corpo de funcionários de sua empresa funcione como um segundo firewall de sua rede, um verdadeiro escudo contra ataques. As concepções e necessidades variam de empresa para empresa, mas na prática alguns pontos são comuns a todas:

-Invista em soluções como segurança perimetral (que protegem o perímetro da sua infraestrutura). Isso vai elevar seu nível de segurança física, e consequentemente a digital;

-Lance programas de sensibilização para a cibersegurança dentro da empresa. Muitas vezes, as iscas de vírus aparecem escondidas, isso ajudará a equipe.

-Forneça níveis de acesso diferenciadas conforme a experiência e “malícia” dos colaboradores;

-Não esqueça também de preservar os dados dos colaboradores terceirizados, que, muitas vezes, lidam com informações críticas da empresa. Certifique-se de tomar cuidado especial a essa questão;

-Invista em treinamento e reciclagem para a equipe.